Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

LILIANE RIBEIRO ORTIZ

Consequências do Abuso Sexual na Infância e Adolescência



O abuso sexual é um fenômeno universal e acontece em todas as classes sociais, independente de etnia, grupo religioso, e status social, causando muita dor e sofrimento para as vítimas

O abuso sexual é um fenômeno universal e acontece em todas as classes sociais, independente de etnia, grupo religioso, e status social, causando muita dor e sofrimento para as vítimas.

O artigo 227 da Constituição Federal Brasileira expressa (1988) que “é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão ”.  Esse direito é legalmente garantido, porém a realidade nos mostra um cenário triste, dados apontam que a cada instante crianças são vitimas de abuso sexual dentro do próprio lar por familiares ou pessoas próximas a qual a criança tem confiança, a família é considerada uma das principais sendo essa a primeira instituição a qual a criança faz parte, tendo esta a função de proteger e cuidar da criança, mas e quando quem deveria cuidar e proteger das crianças viola o direito da criança garantido por lei?

Crianças e adolescentes que foram vítimas de violência sexual tem um desequilíbrio no percurso dodesenvolvimento normal, oque levaa causar danos emocionais, psicológicos, psiquiátricos e também  danosfísicos, as consequências para a criança ou adolescente que sofreu abuso sexual na infância depende dos recursos psíquicos que  cada individuo dispõe para lidar com esses traumas , recursos estes que são estabelecidos a partir das vivencias pessoais, fatores hereditários, modelo familiar, para criança que sofre essa violência são várias os impactos mas principalmente afeta a estrutura psíquica e emocional da criança que está em desenvolvimento da sua personalidade, muitas vezes apresentam comportamentos como sentimento de culpa pelo que ocorreu, medo, agressividade, isolamento, choro constante, baixo rendimento na escola, alterações de sono, dificuldade de confiar nos outros, dentre outros.    

Sendo assim é essencial o acompanhamento psicológico da criança que sofreu o abuso sexual e também da família tendo em vista que na maioria dos casos o abusador é alguém da família como: pais, tios, primos, o tratamento com a criança é desenvolvido de acordo com a necessidade de cada criança pois não é possível generalizar os efeitos do abuso sexual para todas as criança, a quantidade e a gravidade das consequências varia de criança para criança , o tratamento psicológico visa minimizar os impactos causados evitando que a criança que sofreu o abuso venha a sofrer de inúmeros transtornos futuramente.

Liliane Ribeiro Ortiz

Psicóloga CRP 07/23464

Psicóloga CREAS ( Centro de Referência Especializado em Assistência Social) São Luiz Gonzaga -Rs

Pós Graduada em Neuropsicopedagogia.

 

 

 

toscani
aquino
meiosmokey
fuscar
Mara Personal
worldcell
concordia2
apuama3