Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2018

GLOBAL

Loureiro destaca emenda que destina recursos da União para ponte internacional Brasil-Argentina



Na semana passada, uma comitiva da região liderada Associação dos Municípios das Missões (AMM) e o deputado Eduardo Loureiro (PDT) percorreu gabinetes sensibilizando os parlamentares quanto a importância da emenda

Uma conquista histórica, fruto da união e mobilização regional. Esse é o sentimento resultante da emenda aprovada na noite desta terça-feira (17), pelos deputados federais e senadores em reunião da bancada gaúcha no Congresso Nacional, destinando R$ 81 milhões no Orçamento da União do próximo ano para a ponte internacional Brasil-Argentina, ligando Porto Xavier a San Javier.

Na semana passada, uma comitiva da região liderada Associação dos Municípios das Missões (AMM) e o deputado Eduardo Loureiro (PDT) percorreu gabinetes sensibilizando os parlamentares quanto a importância da emenda, que por ser impositiva, terá que ser obrigatoriamente cumprida pelo governo federal em 2018.

Cinco demandas disputavam os R$ 162 milhões da emenda conjunta que a bancada gaúcha tem direito de incluir na proposta orçamentária. Ao final da discussão, a obra em andamento da duplicação da BR-116 entre Pelotas e Porto Alegre, e a ponte internacional, receberam maior número de votos dos parlamentares. A travessia sobre o rio Uruguai já tem estudo de viabilidade técnica e ambiental concluído, mas falta o projeto de engenharia. “Não podemos desconhecer que ainda temos um longo caminho pela frente, como entraves burocráticos com o lado argentino, mas é fato que essa destinação de recursos coloca a região numa condição muito favorável nesta caminhada. Trata-se de uma grande conquista”, avalia o deputado Loureiro.

A obra da ponte internacional integra acordo firmado em 15 de dezembro de 2000, entre Brasil e Argentina, para viabilizar a construção conjunta de novas travessias entre os dois países. A ponte teria aproximadamente 900 metros de extensão e seria erguida em formato diferenciado, com pórtico estilizado homenageando a saga jesuítica na América do Sul. A intenção das lideranças da região é que a ponte seja denominada Papa Francisco.

João Silvestre

fuscar
xiquete
reflexo
arcoiris
ascencao
leonardo
anna pegova
redemaq