Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

LILIANE RIBEIRO ORTIZ

A importância do diálogo dos pais com filhos adolescentes



 Para os pais dialogar com os filhos adolescentes nem sempre é tarefa fácil, porém é necessário e muito importante estabelecer um ambiente de carinho e respeito

Chega a adolescência e com ela muitas dúvidas e anseios, quando era criança, seu filho contava tudo para você, agora queé adolescente, ele não conta nada, e quando você tenta conversar, ele dá respostas curtas e muitas vezes começa uma  longa discussão que torna o lar  um verdadeiro campo de batalha.

 Para os pais dialogar com os filhos adolescentes nem sempre é tarefa fácil, porém é necessário e muito importante estabelecer um ambiente de carinho e respeito, é preciso que os pais tomem alguns cuidados para não intimidá- los, sempre é interessante tentar  buscar no diálogo  um ambiente afetuoso enão um ambiente de cobranças tornando- se um momento conflituoso.

Para muitos pais assuntos como álcool, drogas, amizades, sexo, relacionamentos, tornam- se temas difíceis de serem tratados no ambiente familiar, algumas vezes os pais não conseguem abordar de maneira natural, nesse caso é interessante  esperar um exemplo de uma situação  que aconteça na TV, ou próxima ao adolescente, sobretudo, evitar ser formal e forçar a intimidade, como frases do tipo “sente- se e vamos ter uma conversa”, no entantodevem sim  ser temas de conversas com os filhos adolescentes, alertar sobre o perigo das drogas deve ser abordado de uma maneira clara e objetiva, abrir espaços para que os   filhos tirem todas as dúvidas, deixando sempre claro sobre os efeitos específicos de cada uma delas,  ás vezes os pais não sabem como abordar esses temas,  pois eles mesmos não têm  conhecimento dos reais efeitos das drogas e também por temerem a reação dos filhos, deixando a função de orientação e prevenção somente da escola, assuntos como esses devem ser complementados em casa pelos pais, onde os valores de cada família podem ser passados, procurando sempre conversar  com os filhos expondo suas preocupações fazendo com que o adolescente tenha conhecimento dos riscos e assim aprenda a ter autonomia para fazer suas próprias escolhas.

É necessário criar um vinculo de confiança com os filhos, fazendo com que ele confie em vocêele vai sentir- se seguro para sanar as dúvidas existentes e eletambém vai confiar para contar –lhe tudo o que acontece na sua vida, deixe que seu filho visualize algumas soluções para os problemas, deixe que ele sugira opções para a resolução de seus problemas e busque incentivar ele a tomar suas próprias decisões, não faça isso por ele, estimule sua independência nas escolhas saudáveis para o seu futuro.

 

Liliane Ribeiro Ortiz

Psicóloga CRP 07/23464

Pós Graduada em Neuropsicopedagogia

Fone: 55 98107 - 2593

 

ascencao
mira3
redemaq
carrossel escola
fuscar
arcoiris
leonardo
worldcell